Blog o Morango do Nordeste -

Avião cai e mata quatro jogadores e presidente de time de futebol profissional

Um avião com parte da equipe do Palmas Futebol e Regatas, time da Série D, caiu na manhã deste domingo (24), pouco após decolar, no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional (TO). Um vídeo feito no local do acidente mostra a aeronave em chamas logo após a queda. Quatro jogadores, o presidente da agremiação, Lucas Meira, de 32 anos, e o piloto da aeronave morreram.

Os atletas que morreram são Lucas Praxedes, de 23 anos; Guilherme Noé, de 28 anos; Ranule, de 27 anos e Marcus Molinari, de 23 anos. O piloto foi identificado como comandante Wagner Machado.

A equipe enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde em Goiânia. A partida estava programada para esta segunda-feira (25). O Vila Nova emitiu nota lamentando o acidente e informando que vai colaborar para o adiamento da partida. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que o jogo está adiado e não tem nova data para acontecer.

A Aeronáutica informou que enviou uma equipe de Brasília para Porto Nacional para investigar o acidente. Ainda não foi informado quanto tempo a apuração deve demorar.

O Corpo de Bombeiros informou que se trata de um bimotor modelo Baron, de prefixo PTLYG. O site da fabricante do avião, a Beechcraft, indica que este tipo de aeronave pode transportar no máximo seis pessoas por voo.

G1

Morre em São Luís por complicações da Covid-19 Paciente trasferido de Manaus

Um dos pacientes transferidos de Manaus à São Luís morreu na madrugada dessa quinta-feira (21), devido a uma parada cardiorrespiratória, complicação em decorrência da Covid-19.

Segundo informações do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA), o paciente de 36 anos precisou ser entubado e ligado ao respirador na noite dessa quarta-feira (20).

Até o momento 11 pacientes receberam alta da ala Covid-19, com necessidade de continuação de atendimento na enfermaria clínica do hospital, sendo que dois desses pacientes já possuem condições de alta hospitalar.

G1,MA

Mão na massa: Prefeito de Ribamar Dr Julinho aplica primeira dose de vacina contra a Covid-19 no município

O prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho (PL), foi o responsável pela aplicação da primeira dose de vacina contra a Covid-19 no município. O médico anestesista Roberto Medes foi quem recebeu a dose aplicada pelo prefeito, que também é médico.

Ao todo, no primeiro lote, o município recebeu 879 doses que serão aplicadas conforme plano de vacinação.

Eduardo Braide vistoria obras de pavimentação na Avenida São Jerônimo, região do Santa Bárbara

O prefeito Eduardo Braide vistoriou, na manhã deste sábado (16), as obras de pavimentação na região do Santa Bárbara, na zona rural, onde foi iniciado o asfaltamento na Avenida São Jerônimo. Na área, a Prefeitura de São Luís está executando a implantação de mais de 12 km de rede de drenagem profunda, além de 12 km de pavimentação, contemplando as principais vias da região. Com isso terão fim os alagamentos rotineiros do período chuvoso e a mobilidade urbana também será melhorada. Mesmo com a obra ainda em fase de execução, a população já sente os benefícios.

“Voltei hoje à região do Santa Bárbara para acompanhar de perto o andamento dos trabalhos na região. A Avenida São Jerônimo é extremamente importante, pois liga diversos bairros da nossa zona rural. Determinei à Secretaria de Obras que avance com celeridade na pavimentação da via para que, quando o período chuvoso iniciar, os condutores possam trafegar com tranquilidade e a população não sofra mais com os alagamentos. Vamos acompanhar de perto toda a obra para garantir que ela seja concluída com qualidade”, afirmou o prefeito Eduardo Braide.

A Avenida São Jerônimo é uma das mais importantes da região. Com 2,4 km de extensão, ela interliga bairros como Cruzeiro de Santa Bárbara, Santa Bárbara, São Raimundo, além de ser o principal acesso a pelo menos 30 comunidades do entorno. O trecho foi um dos que recebeu rede de drenagem profunda. Com a obra de drenagem finalizada, agora as equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) avançam com a pavimentação. Primeiro está sendo feito o processo de imprimação para que seja implantado o asfalto. O trabalho está sendo feito em etapas porque a via é extensa e com grande fluxo de veículos durante todo o dia. O cronograma de obras foi elaborado para que o trabalho seja concluído o mais breve possível, causando o mínimo de transtornos à população.

“Esta é uma determinação expressa do prefeito Eduardo Braide: concluir toda a obra com o máximo de rapidez. Ainda temos cerca de 10% das obras de drenagem para serem realizadas na região, além do asfaltamento. Estamos com sorte, pois o período de chuvas ainda não começou e com isso podemos avançar com mais celeridade para que quando as chuvas intensas iniciarem a gente esteja com o máximo da obra concluído”, informou o titular da Semosp, David Col Debella.

Ao longo de décadas quem trafega, trabalha ou mora na Avenida São Jerônimo sofreu com os alagamentos e o lamaçal nos dias de chuvas, a poeira nos dias de sol, além dos inúmeros buracos. Mas esta é uma situação que já começa a ficar para trás, segundo a comerciante Aldilene Brito. “Eu vendo peixe aqui no meu comércio e perdi clientes porque ninguém quer comprar peixe sujo de poeira. Mesmo a obra ainda não estando totalmente concluída, a gente já sente a melhora. Até caixas de isopor novas eu já comprei para guardar o meu peixe. Antes não poderia fazer isso”, comentou.

Moradora da Avenida São Jerônimo há mais de 30 anos, Maria José Lisboa também já sente os benefícios da obra. “Ninguém aqui podia sentar na sua porta nem deixar o portão aberto porque era muita poeira nessa época do ano. Agora, a gente já consegue fazer isso. Quando o asfalto estiver todo pronto vai ficar ainda melhor”, disse.

Além da drenagem e pavimentação, a Avenida São Jerônimo está recebendo obras de meio-fio e sarjeta.

Eduardo Braide apresenta Plano Municipal de Vacinação

O prefeito Eduardo Braide apresentou, nesta sexta-feira (15), o Plano Municipal de Vacinação contra o novo coronavírus. A primeira fase da campanha deverá durar sete semanas e contemplará profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos residentes em instituições de longa permanência.

O plano inclui a criação de um Centro Municipal de Vacinação para centralizar o atendimento, além de assistência médica ao longo de todas as etapas da imunização para garantir a efetividade das vacinas. A imunização da população ludovicense está prevista para começar na quarta-feira (20), segundo cronograma elaborado pelo Ministério da Saúde.

“Desde o início do processo de transição começamos a trabalhar na elaboração do Plano Municipal de Vacinação. Agora com as diretrizes dadas pelo Ministério da Saúde fizemos as adequações necessárias para que possamos começar a vacinar a população imediatamente após a disponibilização das doses. É importante destacar que o plano municipal seguirá as diretrizes do plano nacional elaborado pelo ministério. A população de São Luís também pode ficar tranquila, pois a Prefeitura já tem em estoque todo o quantitativo necessário de agulhas e seringas para realizar a vacinação de todo o público-alvo da primeira fase da campanha bem como local seguro e adequado para acondicionar as doses que forem enviadas para a nossa cidade”, informou o prefeito Eduardo Braide.

Foto: DivulgaçãoNa primeira fase da vacinação serão imunizados cerca de 37 mil profissionais de saúde e 143 idosos em instituições de longa permanência. Os idosos serão vacinados na própria instituição onde residem. Para este público serão disponibilizadas equipes de vacinação que irão fazer a aplicação das doses in loco. Para isto, os idosos serão cadastrados previamente no aplicativo Conecte-SUS, do Ministério da Saúde, que funcionará como uma carteira de vacinação digital e será usado em todo o país durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid.

Já os profissionais de saúde se imunizarão no Centro Municipal de Vacinação. Toda a primeira fase durará sete semanas. Nesta etapa serão disponibilizadas doses das vacinas desenvolvidas pelo consórcio da farmacêutica britânica AstraZeneca e da Universidade de Oxford. O lote foi fabricado pelo laboratório indiano Serum e importado pela Fiocruz. Também serão disponibilizadas seis milhões de doses da vacina Coronavac, desenvolvida pela parceria Sinovac-Butantan.

Para que a pessoa possa, de fato, ser imunizada é preciso tomar duas doses da mesma vacina. Por isso, no ato da vacinação o paciente será informado sobre qual tipo de vacina tomou, o lote e o fabricante. Estas informações também serão incluídas no cadastro do paciente no aplicativo Conecte-SUS para que as equipes de vacinação tenham o devido controle. A segunda dose da Coronavac deve ser aplicada três semanas após a primeira. No caso da vacina da AstraZeneca a segunda dose deve ser feita três meses depois.

“Nós estamos com nossa estrutura pronta para atender aos primeiros indicados no público-alvo, conforme estipulado pelo Ministério da Saúde. A partir do momento em que novas doses sejam recebidas, a cobertura será ampliada. A população pode ficar tranquila que a capital está em diálogo constante com o Governo Federal e seu corpo técnico para orientar a população quanto à administração das doses”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes.

Centro Municipal de Vacinação

A primeira etapa da vacinação contra a Covid, em São Luís, será realizada no Centro Municipal de Vacinação cujo endereço será divulgado nos próximos dias pela Prefeitura. O espaço terá área de triagem para investigar se o paciente tem condições de ser imunizado. A triagem é fundamental porque quem estiver infectado pelo coronavírus ou quem já teve a Covid-19 só poderá ser vacinado 28 dias após a suspenção dos sintomas.

O Centro também terá sala de apoio onde o cidadão ficará em observação por alguns minutos após a aplicação da dose da vacina para verificar o surgimento de algum possível efeito colateral. Havendo manifestações adversas, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestarão o primeiro atendimento. Se houver o agravamento do quadro e a necessidade de remoção do paciente para uma unidade de saúde, a unidade definida como referência para este tipo de atendimento em São Luís é o Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão II).

À medida que os números de doses disponibilizadas pelo Ministério da Saúde forem sendo ampliados, o quantitativo do público-alvo e novos pontos de vacinação também serão disponibilizados pela Prefeitura. As demais fases da vacinação vão ser definidas à medida que forem informadas as diretrizes do Plano Nacional de Imunização. Por isso ainda não há datas definidas para outros públicos.

Próximas fases

Segundo o Plano Nacional de Imunização, a segunda fase da vacinação contemplará idosos em geral acima de 60 anos, um público estimado de quase 80 mil pessoas em São Luís. Neste grupo, os idosos que tiverem mobilidade reduzida ou estiverem acamados serão vacinados em casa. A terceira contemplará pessoas que apresentem alguma comorbidade. Os portadores de comorbidades que estiverem acamados também serão vacinados em casa.

Nas etapas seguintes serão imunizados profissionais da educação, pessoas com deficiência permanente severa e não severa, membros das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores do transporte coletivo, aéreo e de carga, população privada de liberdade e população em situação de rua.

O público-alvo das fases de vacinação poderão ser alterados me

Erlanio Xavier se reelege presidente da FAMEM

Erlanio Xavier acaba de ser reeleito presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão – FAMEM, juntamente com Luciano Genésio, como vice-presidente, com 112 votos, dos 217 votantes. Votação foi transmitida ao vivo pelas redes sociais. A chapa 2 era composta pelos prefeitos Fábio Gentil e Rigo Teles, apoiados pelo governo do estado.

“A voz do municipalismo prevaleceu. Vamos trabalhar mais dois anos pelos nossos municípios, obrigado a todos”, disse Erlanio após resultado.

Vice-prefeito de São José de Ribamar mantém isolamento após sintomas de gripe

O vice-prefeito de São José de Ribamar, Júnior Lago (Avante), emitiu nota nesta quarta-feira (13), se posicionando a respeito de notícias precipitadas de que estaria com Covid-19.

Apesar de ter sentido sintomas gripais, Lago já realizou o primeiro teste para Covid-19 e o resultado foi negativo. Responsável e preocupado com a Saúde Pública, o vice-prefeito se mantém em isolamento e aguarda o resultado de um segundo exame.

“Neste domingo (10), devido a um mal estar, fiz um exame para saber se estava com Covid-19. Para minha alegria, o resultado deu negativo, porém, aguardo o resultado de um segundo exame, como contraprova.

Já venho tomando os medicamentos sob orientação médica, obedecendo todos os protocolos e mantendo o isolamento desde então.

Em respeito as pessoas que tive contato, até mesmo por uma medida de saúde pública, peço que tomem os devidos cuidados com a saúde. Informarei o resultado do segundo exame nesta quinta-feira (14).” Disse Júnior Lago.

Matrículas para o 1º ano do Ensino Médio em escolas de tempo integral encerram hoje

Contagem regressiva para estudantes interessados em cursar a 1ª série do Ensino Médio, em uma das unidades escolares da rede de ensino de tempo integral do Estado, em 2021. O prazo para a matrícula encerra nesta quarta-feira (13). Estão sendo ofertadas mais de 6,5 mil vagas, em 47 escolas da rede pública, nos diversos municípios maranhenses que disponibilizam ensino no período integral.

Conforme edital nº 12/2020, estudantes do 9º ano interessados em ingressar no ensino de tempo integral podem realizar suas inscrições, exclusivamente online, por meio do site www.educacao.ma.gov/matricularedeintegral2021. Na página, os candidatos devem preencher formulário de inscrição. Situações como distância da residência do candidato até a escola de interesse, ser beneficiário do programa Bolsa Família e a menor idade serão fatores de desempate.

A rematrícula será automática para os estudantes que irão cursar a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio nas escolas de tempo integral. Esse processo cabe a cada gestor escolar. Há uma grande procura por esse modelo educacional, com jornada ampliada e currículo diversificado, mas para quem estiver interessado ainda há vagas em algumas unidades do Instituto Estadual de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) e dos Centros Educa Mais dos municípios maranhenses.

Grande procura por matrículas no IEMA ( Fotos: João Aroucha e Antônio Martins)

No IEMA, há vagas disponíveis nas unidades de Bacabal, Coroatá, Brejo, Matões e Vargem Grande. Já nos Centros Educa Mais há vagas em: Barra do Corda (Dom Marcelino de Milão), Balsas (Padre Fábio Bertagnolli), Coroatá (Hermano José Leopoldino Filho) e Carolina (Sertão Maranhense).

Há também vagas disponíveis para os Centros Educa Mais nos municípios de Caxias (no Aluízio Azevedo), Coelho Neto (Alberth Einstein), Passagem Franca (Antônio Reinaldo Porto), Pastos Bons (Professor Ribamar Torres), Presidente Dutra (Deputado Remy Soares), São Bento (Kiola Costa), Santa Helena (Newton Bello), Tuntum (Estado do Maranhão), Zé Doca (Nelson Serejo de Carvalho – CEMA).

O Edital nº 12/2020 completo está disponível no site da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e pode ser acessado pelo link: https://www.educacao.ma.gov.br/files/2020/12/Edital_N-12-2020_22-12-20_iema_educa-mais.pdf

Debandada: Prefeita do PDT adere à chapa de Fábio Gentil na eleição da Famem

Por Daniel Matos • domingo, 10 de janeiro de 2021

 

Mesmo filiada ao PDT de Erlânio Xavier, a prefeita Nelene Gomes declarou apoio a Fábio Gentil

A prefeita de Amapá do Maranhão, Nelene Gomes, do PDT, declarou apoio, neste domingo (10), à Chapa “Zé Gentil: Municipalização para Todos”, pela qual o prefeito de Caxias, Fábio Gentil (Republicanos) concorre à presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

A nova adesão à candidatura de Fábio Gentil é mais um duro golpe na campanha do atual presidente da Famem e candidato à reeleição, Erlânio Xavier (PCdoB), que vê mais um membro do seu partido migrar para o palanque adversário.

Fábio Gentil e Rigo Teles com os prefeitos Felipe dos Pneus (Santa Inês) e Nelene Gomes (Amapá do Maranhão), apoiadores da Chapa *Zé Gentil”

Faltando apenas quatro dias para a eleição da nova diretoria da Famem, a chapa oposicionista dá mais uma clara demonstração de força, situação que sinaliza que a mudança no comando da entidade municipalista está próxima.