Blog o Morango do Nordeste -

Eletricitários apresentam ao governador Flávio Dino pauta sobre soberania energética

O governador Flávio Dino dialogou com representantes do Coletivo Nacional dos Eletricitários de todo o País para debater sobre a importância da soberania energética, privatização, o papel do estado, os serviços públicos e a temática das águas no Brasil.

“Com 30% da geração de energia do país e 45% do sistema de transmissão, a Eletrobrás atua como importante ferramenta de regulação de mercado. A empresa vende a energia mais barata do País, participa de leilões de geração e transmissão, evitando que a energia brasileira fique mais cara”, disse Fernando Pereira, coordenador do Coletivo Nacional dos Eletricitários.

Durante a conversa, os representantes do Coletivo Nacional apresentaram ao governador dados sobre o potencial hidrelétrico do Brasil, 5º maior do mundo, sendo 45% da transmissão do país operada pela Eletrobrás. Eles apontaram ainda que países como Canadá, EUA, China e Noruega possuem hidrelétricas estatais e que, uma das consequências da privatização da Eletrobrás, seria o aumento na tarifa de luz na conta dos brasileiros.

“Esse é um diálogo importante pois é um tema que envolve um conjunto de questões fundamentais e que devem estar na pauta da discussão nacional. Estamos falando de energia, economia, meio ambiente, renda e emprego. Hoje os representantes do Coletivo nos informaram que a Eletrobrás possui algo em torno de R$ 15 bilhões, valor que poderia ser utilizado em investimentos, apontando perspectivas importantes para emprego, renda e desenvolvimento sustentável no País”, disse o governador Flávio Dino, que é contrário à privatização da Eletrobrás.

Segundo o Coletivo Nacional, a Eletrobrás apresentou lucro de mais de R$ 23 bilhões nos últimos dois anos, com geração de energia limpa, desenvolvimento, emprego e renda, que consolidam o Brasil como uma referência mundial em energia limpa.

Após perder apoio de deputada do DEM, Neto Evangelista agora é rejeitado por filiados do PSL

_Prefeiturável que quer virar um “jabuti trepado”, pelas mãos do senador Weverton Rocha, está encontrando dificuldades para convencer os próprios aliados_

Diferente do que os “caciques” tentam evidenciar, a situação do deputado estadual Neto Evangelista, pré-candidato a prefeito de São Luís pelo Democratas, está indo de mal a pior. O prefeiturável vem enfrentando uma situação complicada interna e externa, para consolidar seu nome na sucessão municipal.

Em menos de 25 dias, Evangelista que tenta virar um “jabuti trepado”, pelas mãos do senador Weverton Rocha, sofreu importantes baixas em seu grupo. Depois de ser trocado por Duarte Júnior (Republicanos) pela própria colega de partido Daniela Tema, agora foi a vez de filiados do PSL rejeitarem o ‘jabuti’ de Weverton.

Em carta encaminhada ao presidente do Partido Social Liberal( PSL), Francisco Carvalho, o delgado aposentando Sebastião Uchoa pediu sua desfiliação da sigla por não querer apoiar o pré-candidato do DEMOcratas.

“Como o Partido Social Liberal(PSL) já fechou apoio ao deputado Neto Evangelista(DEM), embora tenha meu carinho e respeito ao mesmo, penso ser um contrassenso e antiético me manter nos quadros do PSL, apoiando outro candidato que não o sob orientação nacional”, explicou Uchoa.

Ainda no documento, da mesma forma que a deputada Daniela Tema trocou Neto por Duarte Júnior, o delegado externa que irá apoiar o pré-candidato Eduardo Braide (Podemos). A decisão, de forma reflexa, atinge o próprio filiado que abriu mão de ser um dos pré-candidatos a vereador pelo PSL para não apoiar Neto. A tendência é que outros postulantes à Câmara Municipal tomem a mesma posição.

“Assim, com a presente reitero acerca da minha desistência do pleito em tela, circunstância em que requeiro providências no sentido de proceder minha desfiliação do PSL, na forma da lei”, solicitou Uchoa.

Nos bastidores, comenta-se que a situação estaria provocando uma enorme insônia ao senador Weverton que, diante da atual conjuntura, poderá vê ruir a queda de uma dinastia de mais de três décadas frente do Executivo Ludovicense.

Rubens Jr, detona no Twitter “Me dão 1% nas pesquisas, mas passam 99% falando de mim”

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens (PC do B) usou suas página no Twitter, para rebater as críticas dos seus opositores em relação ao desempenho nas pesquisas.

Pelo Twitter, Rubens afirmou que não entende o fato de lhe darem 1%, mas perderem o tempo em passar 99% falando sobre seu desempenho nas pesquisas. “Me dão 1%, mas passam 99% do tempo falando de mim”, tuitou.

A tuitada causou curiosidade até mesmo em alguns internautas, afinal, é mesmo muito estranho o fato do pré-candidato do PCdoB está com o percentual baixo, conforme afirmado pelos adversários, mas alguns setores da imprensa, passam 99% do tempo falando incansavelmente de Rubens.

MENTIRA TEM PERNA CURTA E A SOCIEDADE NÃO É BURRA! NÃO CONSEGUIU E NÃO CONSEGUIRÁ IMPEDIR A DIVULGAÇÃO DE NOSSAS PESQUISAS!

Nos últimos dias vimos um deputado e pré-candidato a prefeito de pouca expressão intelectual e eleitoral tentar de todos os jeitos e formas, sem nenhum sucesso, impedir a divulgação da pesquisa do Emet Instituto. Mesmo diante de tantas pautas muito mais importantes no país, que realmente são vitais até para a vida humana, como o Covid-19, o parlamentar fez uso da tribuna da Assembléia Legislativa para tentar intimidar o Emet Instituto e chegou a afirmar que impediria a divulgação da pesquisa judicialmente. 

No entanto, só esqueceu um pequeno detalhe: ao contrário do que ele pensa e se considera superior a população, vivemos num Estado de Direito e essa situação jurídica garante constitucionalmente a igualdade de direitos e deveres a todos os cidadãos brasileiros.

Além disso, a tentativa de censura por parte do deputado ganhou as redes sociais, os noticiários e foi por dias pauta de programas de rádio e blogs políticos. Para esclarecer o que estava acontecendo, o empresário Fernando Bastos participou, na sexta-feira (14) de uma entrevista ao Programa Na Hora, da Rádio 92.3 FM, onde num debate propositivo ao vivo, discutiu as pesquisas políticas, seu funcionamento e esclareceu a polêmica atitude de tentativa de censurar o levantamento por parte do deputado, conforme video em anexo.

Hoje, resolvemos falar com Fernando Bastos, conhecidamente avesso a polêmicas e discussões que o próprio chama de “briga de barraqueira”. Ele também nos apresentou uma carta que não foi lida como direito de resposta em outra emissora da capital.

Bom dia, obrigado por mais uma vez nos receber! Fernando sabemos que é avesso a aparições em veículos de comunicação, porque você aceitou participar do programa Na Hora da 92.3?

– Antes de responder sua pergunta, faço um esclarecimento. Não sou anti-social, apenas prefiro que os candidatos que eu assessoro apareçam e não eu, o técnico deve ser discreto, invisível, sempre defendi essa posição. Minha vida pessoal é reservada e realmente me reservo o direito de não me expor nem em mídias sociais e muito menos  na mídia convencional. O meio político é passional, movido por paixões, eu sou um técnico movido pela ciência e pela razão, então são coisas que não combinam, quando apresentamos uma pesquisa aonde existem 12 candidatos, no máximo iremos agradar quem está em 1º, afinal os demais precisam sustentar para sociedade a viabilidade de sua campanha e, passionalmente, reagem aos seus resultados, e muitas vezes nem o 1º colocado fica satisfeito e, sinceramente, quando isso ocorre sabemos da isenção total da pesquisa, sabemos que ela retrata a verdade.

Mas respondendo a sua pergunta, aceitei o convite porque eu ouvi dizer que o programa era baseado nos “dois lados” e isso me garantiu que ele é isento. Não tenho medo do contraditório, mas não participo de programas chapa branca, que pertencem a imprensa marrom que defendem quem os paga! Nesses casos apenas uso o DIREITO DE RESPOSTA pelas vias judiciais, chego e falo o que tenho de falar e saio. E quantas vezes repetirem irei fazer o mesmo, jamais descerei ao nível deles, não participo de circo político.

Fernando o deputado garantiu que impediria de sua pesquisa ser divulgada, ele o acionou na justiça? Porque você acha que a sua pesquisa incomodou tanto ao parlamentar ao ponto dele querer censurar a sua pesquisa?

– Não sei se ele entrou na justiça, se ele entrou não conseguiu liminar, até porque o pleito é ilegal e sem sentido. Censura foi abolida na Constituição de 88. Com relação ao deputado não querer a sua divulgação existem várias possibilidades, mas somente ele e Deus sabem a verdade. Muitas pessoas nos apoiaram desde que ele ocupou a tribuna, cheguei a ter de aumentar a hospedagem do site do instituto devido as mensagens recebidas, que hoje de manhã estavam em 8535, irei lhe mostrar algumas, como a maioria ofendem o deputado e os políticos em geral não irei reproduzi-las, mas até aqui apenas 2 mensagens eram negativas e já respondemos e esclarecemos as dúvidas do eleitores. Talvez ele já tivesse pesquisas e soubesse que não está bem, eu realmente não sei. Muitas são as especulações, porém não cabe a mim fazer julgamento de valor, eu tenho a minha opinião pessoal que prefiro não dizer.

Sabemos que o deputado serve a um grupo político e que a perseguição na verdade não é ao seu Instituto e sim a Itamargarethe, o que o sr tem a dizer sobre isso?

–  Não sei se esse grupo político está me perseguindo ou a Ita, ouço muitas histórias, tenho amigos próximos de algumas pessoas e chegam aos meus ouvidos comentários, mas a motivação deles eu não sei, afinal eles nunca me disseram nada, o que é fato é que o Deputado tentou sem sucesso CENSURAR a divulgação do resultado da minha pesquisa e não conseguiu.

Me desculpe insistir, mas é verdade que ele persegue a Itamargareth e associa o Instituto a ela?

–  Eu tenho um áudio de um programa de rádio dizendo que o instituto é ligado a assessora do Astro de Ogum, neste mesmo programa me disseram que o deputado chamou o meu instituto de ‘Emargareth’.

O Instituto me pertence, a Itamargarethe, que carinhosamente, como muitos, chamo-a de Ita, é minha amiga pessoal, só deixará de ser se um dia ela quiser deixar de ser, caso contrário permaneceremos amigos, é uma uma pessoa que eu admiro, tenho certeza que se na política tivesse mais pessoas como ela não teríamos os escândalos de corrupção que temos hoje em dia. Em primeiro lugar ela é minha amiga e depois ela presta serviço de assessoria de comunicação ao instituto, desde o início ela divulga meu instituto, sou leal aos meus amigos e a quem trabalha comigo, então entre trair a minha amiga, entre me afastar dela e trabalhar com quem a odeia, eu dispenso o dinheiro deles com veemência, jamais me comprarão e eu jamais largarei uma amizade sincera, verdadeira com uma pessoa que eu admiro, que fique claro, admiro a mulher Itamargarethe, admiro a mãe Itamargarethe, admiro a advogada, a comunicadora, ela é uma pessoa brilhante, inteligentíssima, realmente extraordinária. Eu a admiro, incondicionalmente.

Nossa, então são muito amigos mesmo e isso gerou uma polêmica, pois alguns comunicadores dizem que você prejudicou o Rubens, pré-candidato que ela está ajudando na comunicação. O que você tem a dizer sobre isso?

– O Emet Instituto é independente, os resultados de suas pesquisas são independentes de minhas vontade ou da vontade de qualquer um. Nem se eu quisesse, não existe a possibilidade de alterar o sistema, já o criamos para que isso fosse impossível, o sistema é auto-auditável, banco de dados certificado a sua integridade e trabalho com profissionais sérios, minha estatística e meu analista jamais assinariam uma pesquisa falsa. Quanto ao pré- candidato que a Ita está trabalhando, no caso o Rubens, não o conheço, e nem tenho nenhuma relação com ele, mas já disse publicamente que, fechando realmente com o PT, ele terá a maior infra-estrutura dentre todas as campanhas, seja de peso de pré-candidatos a vereador, seja tempo de TV e rádio e militância. Quanto a minha avaliação técnica, ratifico afirmando que ele é simpático ao público, é humano, se aproximou muito da população com as matérias que vem sendo divulgadas, é técnico e tem discurso, sendo assim, acredito que ele ainda vai crescer muito.

Meu instituto avalia momentos políticos, e o momento é esse que a pesquisa revelou, jamais irei favorecer A ou B, e a Ita jamais me pediria isso pelo seu caráter, pela sua honra, até porque ela sabe que eu também não aceitaria pelos mesmos motivos. Lutamos por uma política limpa, correta, transparente e isso que alguns que se acham acima de tudo e todos querem impedir, a raiva deles é essa, não me submeto a ninguém além de Deus.

Porque você acha que esse grupo político persegue a sua amiga Itamargareth? E quem seriam esses políticos?

– Racismo e Misoginia! Quanto aos nomes basta ver as declarações e deboches, assim como os bastidores e todos saberão quem são, não preciso dizê-los, aqui só digo que sou amigo dela e se depender de eu traí-la essa guerra irá continuar enquanto eu viver. Agora eu não tenho culpo se a Ita presta um trabalho diferenciado e acaba causando incômodo aqueles colegas que não conseguem atuar profissionalmente de maneira, pelo menos parecida, bem como os políticos que não podem contar com ela no time. Eu a escolhi para me assessorar exatamente por achá-la a melhor, e isso também é um direito meu, já que a empresa é minha. Nada e nem ninguém vai me impor com quem eu devo ou não devo trabalhar. Nada e nem ninguém vai interferi nas minhas amizades.

Conhecendo a realidade das pessoas


No *Morro da Pipoca * no *Anjo da Guarda*, área Itaqui Bacanga de São Luís, o pré candidato a prefeito de São Luís *Rubens Jr* acompanhado da vereadora *Concita Pinto* (PCdoB) realizaram mais um diálogos com a comunidade, conhecendo a realidade das pessoas e assim podendo apresentar compromissos que de fato atenda as necessidades do povo.
*#épravaler* *#épravencer*

Erlanio foi o ‘Jabuti’ que subiu com a mão do padrinho politico Weverton

Erlanio Xavier pode ser pivô de mega escândalo envolvendo a Famem, que virou um 'escoadouro' de dinheiro público

Erlanio foi o ‘Jabuti’ que subiu com a mão do padrinho politico Weverton

Aliado de Weverton e Neto Evangelista contrata investigado no escândalo das “Estradas-Fantasmas” por R$ 5,5 milhões

Neto que ter a sorte de ser mais um Jabuti que quer ‘trepar na árvore’ pela mão de Weverton

_O negócio envolvendo os ex-presidiários Erlânio Xavier e José Lauro foram firmados no mês junho, conforme contratos em anexo_

Erlanio Xavier pode ser pivô de mega escândalo envolvendo a Famem, que virou um ‘escoadouro’ de dinheiro público

O prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier (PDT), que voltou com força e poder pelas mãos do padrinho político e correligionário senador Weverton Rocha, depois de ser preso em 2012 pela Polícia Federal, resolveu firmar negócios com a problemática empresa Enciza Engenharia Civil Ltda. em dois contratos milionários para asfaltar ruas e avenidas do município maranhense.

Erlânio, que concorre à reeleição em 2020, contratou a empreiteira, de propriedade do empresário José Lauro de Castro Moura, que é conhecida no submundo da corrupção e responde cerca de sete ações judiciais, sendo duas delas por improbidade e mais duas por ações penais. Ao todo, serão derramados R$ 5.534.139,76 (cinco milhões quinhentos e trinta e quatro mil cento e trinta e nove reais e setenta e seis centavos) somente em asfalto no município. Os contratos tiveram menos de um mês de diferença em suas assinaturas.

A Enciza já foi alvo de duas operações da PF. A primeira foi a “Operação Navalha” desencadeada em 2007, que culminou com a prisão do ex-governador José Reinaldo Tavares. Na época, foi constatado irregularidades de vários pagamentos do governo do estado à empresa. Segundo o inquérito, o dinheiro era repassado, mas as obras não eram realizadas. Ao todo pelo menos 19 estradas não foram concluídas somando um prejuízo de R$ 8,4 aos cofres públicos. O caso ficou conhecido como escândalo das Estradas Fantasmas.

UMA DEZENA DE AÇÕES –
A referida empresa, também é conhecida por possuí vários contratos em prefeituras, supostamente ligadas ao senador Weverton Rocha, presidente do PDT (Partido Democrático Trabalhista) que, além de Erlânio, também é o maior aliado do deputado estadual Neto Evangelista (DEM), pré-candidato à sucessão em São Luís. Diante da folha corrida não está descartada a possibilidade de a Enciza utilizar os mesmos ‘modus operandi’ que a colocou na condição de ré em quase uma dezena de ações.

A empreiteira, que também foi pivô da ‘Operação Rapina’, poderá voltar ao radar da PF, desta vez, por fraude e superfaturamento em contratos com prefeituras, principalmente, as pedetistas. Além disso, as denúncias de corrupção não envolvem apenas a Enciza. Escândalos envolvendo várias outras irregularidades podem voltar a colocar na cadeia diversos gestores maranhenses, uma delas a prefeita de Axixá, Sônia Campos (PDT), que já foi presa na mesma operação.

O prefeito Erlanio Xavier, por sua vez, que também já foi investigado e preso em 2012 pela PF, por ser sócio oculto da empresa Construtora Luna e, supostamente, fazer parte de um esquema desvio de verbas do Fundeb de Paço do Lumiar, resolveu abrir os cofres da prefeitura para asfaltar vários pontos no município. Por conta disso, ele poderá ser denunciado pelo adversário por realizar “asfalto eleitoreiro”, a fim de garantir a sua reeleição.

Além disso, o blog apurou que o chefe do executivo igarapé-grandense ainda pode ser pivô de um mega escândalo envolvendo a FAMEM – Federação dos Municípios do Estado do Maranhão. Afastado da presidência, Erlânio comando a entidade desde janeiro de 2019. Conforme relatório detalhado com mais de 5 mil páginas ao qual tivemos acesso, e logo, logo servirá como chave para abrir a caixa preta da entidade que possui como função precípua defender e representar os municípios maranhenses.

Prefeito de Igarapé Grande fracionou contratos com a empreiteira pivô do escândalo das Estradas Fantasmas

Os dois contratos para ‘asfalto eleitoreiro’ somam mais de R$ 5,5 milhões, mas fracionados equivalem a pouco mais de R$ 2,75 milhões

Enciza é alvo de várias ações judiciais por suspeitas de irregularidades em contratos com a administração pública

Rubens lança vídeo em que promete ser prefeito “mão na massa”

Rubens lança vídeo em que promete ser prefeito “mão na massa”

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens Jr (PCdoB), lançou um vídeo em suas redes sociais que evidencia o perfil que deseja imprimir à frente da prefeitura da capital ludovicense a partir de 2021.

Como secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano, no governo Flávio Dino, Rubens teve sua atuação marcada pelo acompanhamento sistemático de todas ações realizadas pela pasta. Além das demandas administrativas, o gestor monitorava a evolução das obras e projetos in loco, tudo para garantir qualidade, mas também celeridade.

No vídeo, o ex-secretário destaca que foi na sua gestão que a construção de 1.644 apartamentos populares, nos conjuntos residenciais Jomar Moraes e José Chagas, foram concluídas. “Distribuímos também 1.700 Cheques Minha Casa, dinheiro pra muitas famílias reformarem e melhorarem suas casas. E, por meio do Programa de Regularização Fundiária, outras 3.800 famílias ludovicenses passaram a ter a posse da casa própria ou do seu terreno”, detalha.

Ele finaliza o vídeo afirmando que “essa é a política que eu acredito, colocando a mão na massa e as pessoas em primeiro lugar. E é com base nessa experiência, e não em promessas, que eu me apresento pra ser prefeito de São Luís”.

Quem é Rubens?

Rubens Pereira Júnior, 36 anos, é advogado, formado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e mestre em Direito Constitucional pelo Instituto Brasileiro de Direito Público (IDP). É natural de São Luís, onde também cresceu, estudou e constituiu família.

Iniciou a carreira como Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Maranhão. Foi deputado Estadual no Maranhão por dois mandatos, nos períodos de 2006 a 2014. Em 2014, foi eleito deputado federal, e em 2018 foi reeleito para mais um mandato na Câmara Federal.

Em 2019, se licenciou do parlamento para exercer o cargo de Secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano do Maranhão (Secid). Em 2020, foi lançado pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB.

Seguindo as leis eleitorais, em junho de 2020, se desincompatibilizou para seguir como pré-candidato a prefeito de São Luís. Está atualmente licenciado da Câmara dos Deputados.

Para conhecer mais, acesse: https://linktr.ee/rubensjr

Antônio Pereira lamenta falecimento do médico e empresário Antonio Leite

O deputado Antônio Pereira (DEM) externou, nesta quarta-feira (12), durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa, pesar pela morte do amigo médico, político e empresário, Antônio Leite Andrade, de 73 anos, conhecido no Maranhão como “Toninho”.

Neste momento de dor, Antônio Pereira transmitiu solidariedade aos familiares, amigos, admiradores e à sociedade, que perde um grande homem, médico, empresário e político que ajudou o Maranhão.

O democrata destacou que Antônio Leite foi pioneiro na radiologia, em Imperatriz. “Em nome de todos da região, quero deixar nossos sentimentos e pêsames pelo seu falecimento”,, disse.

O médico e empresário, Antônio Leite Andrade, faleceu na terça-feira (11), no Hospital Sírio Libanês em São Paulo, onde estava internado em uma UTI há mais de dois meses, tratando a Covid-19.

Antônio Leite foi senador em 2005, no lugar de João Alberto. Era de Goiás e morava em Imperatriz desde 1974, onde criou a Facimp, a primeira instituição com curso de medicina na modalidade privada.

Rubens Junior pra cima

Em postagem nas redes sociais, o deputado federal Márcio Jerry, que vem a ser presidente do PCdoB no Maranhão, falou sobre conversa que teve com um amigo recentemente sobre o cenário eleitoral em São Luís e a tendência de crescimento do pré-candidato do seu partido a prefeitura da capital, o também deputado federal Rubens Júnior, nesta fase de pré-campanha.

Sem mencionar com quem conversou, mas dando a deixa de que se tratava de alguém do meio político, revelou que essa pessoa encomendou pesquisa cujo o resultado atestava o crescimento consistente de Rubens Júnior na preferência do eleitorado ludovicense.

“Pois é, Rubens Junior se deslocando pra cima de forma bem segura, consistente mesmo”, teria reconhecido o amigo de Márcio Jerry.

Rubens Jr: “Nossa pré-candidatura está sendo construída por meio dos diálogos com as comunidades”

Lançado como pré-candidato a prefeito de São Luís, pelo PCdoB, o deputado federal licenciado, Rubens Jr, cumpre uma agenda de diálogo intensa na capital. Em mais um fim de semana de muitos compromissos visitando os bairros, Rubens Jr destacou que a construção do plano de governo está sendo amplamente debatida e que a meta é expandir o diálogo com as pessoas, permitindo a participação de todos no planejamento das ações.

“Estamos trabalhando, construindo e conversando muito com toda sociedade. Nossa estratégia visa colher sugestões e ideias para a elaboração do futuro plano de governo que contempla a necessidade e os interesses do povo. Não só nos diálogos físicos como o online nas nossas redes sociais estamos disponibilizando ferramentas para que a população ludovicense sugira, opine e participe”, disse o deputado.

Sábado

Rubens esteve na manhã do sábado (08), no bairro Anjo da Guarda, ao lado do pré-candidato a vereador, Isaías Rodoviário (PCdoB). Os comunistas foram recebidos pelo Pastor Expedito que abriu as portas da Igreja Batista do Centenário para receber a comunidade. Oportunidade de dialogar e falar sobre as demandas da região.

“Tenho visitado e visto o potencial da nossa capital. Ando ouvindo as famílias apresentando os nossos compromissos. O sentimento é de animação e de agradecimento a comunidade que nos recebe e proporciona um clima muito bom. Nós sempre estivemos e estaremos do lado do bem e do povo”, Rubens.

Continuando a agenda do sábado, a convite da pré-candidata a vereadora Rose Sales (Cidadania), Rubens foi ao Assentamento Gisele, região rural de São Luís, próximo ao Residencial Ribeira no Distrito Industrial. O pré-candidato a prefeito de São Luís conheceu detalhes da realidade da região, conversou com as pessoas que puderam juntos debater soluções futuras para todos.

Rubens também esteve com a vereadora Concita Pinto e lideranças de mais de 60 bairros da nossa São Luís. Reunião importante para reforçar o compromisso com a cidade e ressaltar que a pré-candidatura é para valer e para vencer. O deputado reforçou a importância do trabalho da vereadora, que foi convidada para o partido PCdoB, pelo próprio governador, Flávio Dino.

O sábado foi finalizado com uma visita ao pré-candidato a vereador, Oséias Silva, do PP. A reunião ocorreu com moradores do Coroadinho, para dialogar sobre plano de governo e reforçar a meta de trabalhar por aqueles que mais precisam.

Domingo dia dos pais

Faltando menos de 100 dias para as eleições, o domingo do dia dos pais também foi dia de dialogar com os pais de São Luís. Depois do café da manhã com os filhos, Rubens reuniu acompanhado do pré-candidato a vereador, professor Lisboa (PCdoB), com os moradores do residencial Village do Cohatrac, região limítrofe de São Luís e São José de Ribamar. A pauta de metropolização foi destaque.

Vila Luizão

Na Vila Luizão, Rubens Jr atendeu o convite do pré-candidato a vereador Rafael da Juventude (PP) para falar sobre São Luís e, também sobre a Vila Luizão, o diálogo foi em mão dupla, Rubens falou, mas também ouviu as necessidades e o que a população deseja do próximo prefeito de São Luís.