Blog o Morango do Nordeste -

A empresária e jornalista Karla Braz, vem conquistando cada vez mais o seu espaço na moda e beleza no Maranhão.
Sempre autentica, profissional e inovadora, ela não mede esforços para atender o público exigente que frequenta as lojas Carmen Steffens.

Karla Braz é uma empresária que tem visão de empreendedorismo e sempre está atenta a todas as novidades do mundo da moda e beleza. Ela viaja constantemente para estudar e trazer novidades para seus clientes.

Por conta disso, assumirá todas as franquias da Carmen Steffens em São Luís. Nesse mês de novembro, assume a Carmen Steffens e CS Club do Shopping da Ilha e, em Março de 2021 a Carmen Steffens e CS Club do Rio Anil Shopping, sendo que a mesma já administra às lojas do São Luís Shopping e Pátio Norte Shopping há mais de dois anos.

Para celebrar esse momento mágico, nesta sexta-feira (20/11), a partir das 18h, na loja Carmen Steffens do Shopping da Ilha, acontecerá um Happy Hour com muita moda, bate papo e, diretamente de Teresina – PI, o Projeto Saxylive, que alia música eletrônica + Saxofonista, composto pelo DJ Lucka Maurylio e Tallison Sax.

Com seu DNA de luxo e exclusividade, a Carmen Steffens se tornou uma das grifes mais conceituadas e uma referência no mundo da moda.
Além dos tradicionais sapatos e bolsas reconhecidos da grife, a marca passou também a produzir roupas com a montagem de uma fábrica em Criciúma, Santa Catarina, polo têxtil nacional, e o lançamento de inúmeras lojas de seu novo conceito Maison. No portfólio de marcas da grife, você também encontra a linha masculina Raphael Steffens e a CS Club, que foi lançada em 2015 e já está com mais de 100 lojas no Brasil.

Caloteiro: Rubens Júnior mancha a campanha de Duarte Júnior

O candidato derrotado Rubens Júnior (PC do B) aplicou um golpe em meio mundo de gente que estava prestando serviços em sua campanha eleitoral, o calote vai desde aqueles que carregavam bandeiras (formiguinhas), até membros da imprensa – agora ele está apoiando o candidato Duarte Júnior.
Os operadores de “Rubinho”, Zé Pereira e Ricardo Barbosa, que eram os responsáveis pelos pagamentos, sumiram, não atenderam mais o telefone e tudo a mando do candidato, que segundo fontes, quando o barco afundou, ele mandou suspender os pagamentos.
O pior de tudo é que documentos e extratos bancários apontam que o candidato Rubinho, por intermédio dos operadores estavam praticando uma espécie de “Caixa 2”, que deve causar embaraços, inclusive para o mandato de Rubinho.
O Observatório foi informado que uma “penca” de prestadores de serviços estão indo pra cima de Zé Pereira e Ricardo para cobrar o que eles acertaram durante a campanha eleitoral.

BATEU O DESESPERO: OPOSIÇÃO EM OLINDA NOVA DIVULGA PESQUISA REALIZADA POR INSTITUTO SEM CREDIBILIDADE E QUE JÁ FOI CONDENADO PELO TRIBUNAL ELEITORAL DO MARANHÃO E TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL!

BATEU O DESESPERO:
NA MANHÃ DE HOJE A POPULAÇÃO OLINDENSE ACORDOU COM A, PASMEM!! SUSPEITA PESQUISA DIVULGADA PELAS REDES LOCAIS, DANDO CONTA QUE A CANDIDATA DA OPOSIÇÃO CONCEIÇÃO CUTRIM ESTARIA COM O DOBRO DAS INTENÇÕES DE VOTOS À FRENTE DA CANDIDATA MOÇA DE RIBA.
ACONTECE QUE A POPULAÇÃO OLINDENSE NÃO É BOBA E JÁ PERCEBEU A TENTATIVA DE GOLPE!
É QUE, AO CONTRÁRIO DO NOTICIADO NA “PESQUISA”, OS EVENTOS REALIZADOS PELA CANDIDATA DO 20, MOÇA DE RIBA, TÊM DEMONSTRADO TOTALMENTE O CONTRÁRIO.
A PARTICIPAÇÃO POPULAR ESPONTÂNEA NOS COMÍCIOS, CARREATAS E PASSEATAS DEMONSTRA QUE OLINDA NOVA DO MARANHÃO ABRAÇOU MOÇA DE RIBA, DESMONTANDO A “FAKE NEWS” DIVULGADA PELA OPOSIÇÃO.

PIOR QUE TUDO ISSO, ESSE INSTITUTO – SEDIADO EM UMA CIDADE DO INTERIOR DO CEARÁ – COLECIONA CONDENAÇÕES POR DIVULGAÇÃO DE PESQUISAS IRREGULARES EM DIVERSAS CIDADES DO MARANHÃO, TAIS COMO BREJO, BARRA DO CORDA, CAROLINA, DENTRE OUTRAS.
NA CIDADE DE BREJO/MA, O JUIZ ELEITORAL KARLOS ALBERTO ATENDEU UM PEDIDO DO PARTIDO REPUBLICANOS(PR) E CONDENOU O INSTITUTO DE PESQUISAS MBO A PAGAR MULTA DE R$ 10 MIL APÓS DETECTAR IRREGULARIDADES EM SEU REGISTRO E COLETA DE DADOS (PROCESSO N° 0600009-52.2020.6.10.0024).
O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TAMBÉM JÁ EMITIU CONDENAÇÃO CONTRA A EMPRESA MBO PROIBINDO ELA DE DIVULGAR UMA PESQUISA NAS ELEIÇÕES GERAIS.

RECENTEMENTE O CORREGEDOR GERAL DO TRIBUNAL ELEITORAL DO MARANHÃO, DESEMBARGADOR JOSÉ JOAQUIM FIGUEIREDO DOS ANJOS, CONDENOU O INSTITUTO DE PESQUISAS MBO POR TENTATIVA DE DIVULGAÇÃO DE PESQUISA IRREGULAR (PROC. 0600736-83.2020.6.10.0000).
A EMPRESA ENFRENTA OUTROS PROCESSOS POR SUSPEITAS DE IRREGULARIDADES EM CIDADES DO MARANHÃO, O QUE EVIDENTEMENTE NÃO DÁ QUALQUER MARGEM DE CREDIBILIDADE À PESQUISA DILVULGADA.

O CERTO É QUE, SEGUNDO INFORMAÇÕES, A TENTATIVA DESESPERADA DA OPOSIÇÃO DE INFLUIR O ELEITORADO, TEVE EFEITO CONTRÁRIO E O QUE SE COMENTA NA CIDADE É QUE, APÓS A DIVULGAÇÃO DA PESQUISA MANIPULADA, MOÇA DE RIBA RECEBEU DIVERSAS MENSANGENS DE ADESÃO, INCLUSIVE DE ADVERSÁRIOS, INDIGNADOS E REVOLTADOS COM O BAIXO NÍVEL “DO JEIO DE FAZER POLÍTICA” CONTRA A CANDIDATA DO 20.

Com salário de R$ 12 mil, assessor de comunicação de Eudes Sampaio vira divulgador de fakenews contra Julinho

_Neilson Marques deve ser representado e investigado pela Polícia Federal por disseminar notícias falsas, o que é considerado crime eleitoral_

Faltando apenas um dia para a eleição, o engenheiro mecânico Neilson Amaral Marques, atual assessor de comunicação do prefeito Eudes Sampaio (PTB), passou a demonstrar todo desespero e despreparo para o cargo, ao iniciar onda de divulgação de fakenews contra o candidato Dr. Julinho (PL), apontado como líder para vencer a eleição, segundo dados de todas pesquisas divulgadas até agora.

Em grupos de whatsapp, Neilson, que já defendeu superfaturamento de 375% no álcool em gel, no inicio da pandemia, agora, passou a disseminar crime eleitoral, ao divulgar fakenews contra o adversário de seu chefe.

A motivação para espalhar as falsas notícias, na tentativa desesperada de confundir o eleitor, deve ser seu salário, de R$ 12 mil reais por mês.

Temendo perder suas regalias, o inexperiente engenheiro mecânico joga sujo, e deve ser representado e investigado pela Polícia Federal.

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR!!!! Candidato a vereador , é suspeito de agredir companheira com socos e pontapés

A reportagem tentou contato com  o candidato a vereador Neguinho (PDT), mas ele não foi encontrado. Neguinho que responde o  processo de número 3377-25.2020.8.10.0001, que tramita na Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, que investiga o referido candidato por uma denúncia de agressão à sua companheira, que não revelaremos o nome para preservar a identidade da Vítima.

O diretório local do PDT,  afirmou ao blog que repudia qualquer tipo de violência. Informou, ainda, que está adotando as medidas disciplinares previstas no estatuto, que poderá acarretar na desfiliação de Neguinho, e   aconsequente impossibilidade de continuar no processo eleitoral.

A Polícia Civil informou que instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias do crime. “A autoridade policial encaminhou à justiça pedido de Medidas Protetivas de Urgência. A investigação segue em andamento”.

ESCÂNDALO!!! CANDIDATO A VEREADOR POR SÃO JOSÉ DE RIBAMAR NEGUINHO, RESPONDE PROCESSO CRIMINAL POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA MULHER.

O candidato a vereador e morador do bairro Pq. Jair, *VALDEIR REIS PEREIRA SEGUINS*, mais conhecido como *NEGUINHO*, responde um processo criminal por violência doméstica contra mulher.

O processo de número 3377-25.2020.8.10.0001, que tramita na Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, investiga o referido candidato por uma denúncia de agressão à sua companheira, que não revelaremos o nome para preservar sua imagem.

O processo está acompanhado do auto de prisão em flagrante, que tem o Inquérito Policial de número 397/2020, e que gerou o citado Processo, baseado nos artigos art.129 §9º, 147 e 140 do Código Penal, Cocomitante com a LEI 11340/2006, mais conhecida como *LEI MARIA DA PENHA.*
Fontes ligadas ao blog disseram, ainda, que o candidato Marisson do Frango, que também é morador do bairro Pq Jair, foi quem foi buscá-lo na delegacia após ter sido liberado pela polícia.

O candidato, encontra-se, ainda, com o registro de candidatura indeferido. Então fica o alerta aos eleitores de Neguinho fazerem uma reflexão. Pois de mal exemplo, o candidato está cheio.